Tereza Granate

Ser mulher é acreditar sempre. É...Seguir em frente quando todos param! Acariciar e dar colo! Dividir-se em muitas sem deixar de ser uma, a mais importante! A mulher acontece, encanta, muda, nasce, floresce, cuida, cria, sente, beija, escuta, vê, brinca, brinca e brinca com a vida... e vive!

Feliz dia da Bailarina❣♪ ♫ (✲✪‿✪)

BAILARINA OU ODALISCA?
Com certeza já ouviram chamar uma bailarina/dançarina de dança do Ventre de odalisca, a imagem das odaliscas é grande estereótipo da dança do Ventre, fantasias são semelhantes aos figurinos de dança.
As odaliscas eram mulheres escravas, compradas em mercados ou adquiridas em guerras, vendidas pela família ou mesmo raptadas, assim, eram levadas ao palácio do governante para serem criadas. Eram treinadas em diversas funções: modos, etiqueta, bordados, música e até dança, mas não eram "bailarinas do palácio". Desta forma, elas poderiam subir os degraus da hierarquia dentro do palácio e se tornarem concubina ou mesmo com muita sorte esposas do sultão.
Agora o que tem a ver com a dança do Ventre, não sabemos...

0 Pessoas comentaram, falta você!:

© Tereza Granate, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena